Este site usa cookies. Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais aqui »
  • R!tua!s de Vida Saudável
One to One Faculdade de Motricidade Humana (FMH)
Newsletter »
subscrição

Os Rituais     Atividade Física

Para ultrapassar as barreiras à adoção de um estilo de vida ativo, comece por registar cada uma delas, bem como os sentimentos pessoais associados às diferentes ocasiões.

Barreiras à prática de exercício

Sabia que as mulheres, os adultos mais velhos e as pessoas com obesidade são aquelas que mais barreiras percecionam para a participação num programa de exercício físico? E que a aceitação do nosso corpo sem constrangimento perante as outras pessoas é importante para a adopção de um estilo de vida mais activo?

RITUAL: Registe as barreiras que mais frequentemente o impedem de manter um estilo de vida ativo e, com a ajuda das pessoas que lhe são mais próximas, determine um plano de ação para as superar.

Longe vão os tempos em que se desconheciam os benefícios da prática de atividade física nas mais diversas dimensões da saúde e em que, inclusive, o exercício era desaconselhado. Hoje em dia, e apesar de desmistificadas muitas das ideias vagas e insustentáveis que desincentivavam a adoção e manutenção de um estilo de vida ativo, existem outras barreiras que merecem uma análise cuidada a fim de serem superadas.

A cada vez maior ocupação do dia a dia com atividades profissionais - cada vez mais sedentárias - e consequente limitação do tempo disponível para atividades físicas, o preconceito de que a prática de atividade física é monótona e aborrecida, e a distorção de pensamento que muitas pessoas têm face à sua imagem corporal e capacidades físicas na realização de determinado exercício, representam algumas das barreiras mais comuns na população em geral.

Um importante ponto de partida para ultrapassar as barreiras à adoção de estilo de vida ativo passa por registar cada uma delas, bem como os sentimentos pessoais associados às diferentes ocasiões, e delinear um plano de ação para as superar. Consultar a opinião dos familiares, dos amigos e dos especialistas em Psicologia e em Exercício e Saúde, e pedir-lhes ajuda perante maiores dificuldades, é sempre uma mais-valia neste processo. E sabendo que mais de 60% da população portuguesa não se exercita regularmente nem tem por hábito utilizar a prática de atividades físicas como ocupação dos seus tempos de recreação e lazer, esta poderá ser uma excelente ajuda na redução destes valores!

A CONSIDERAR:
  • Se pensa que não tem jeito para praticar alguma modalidade desportiva, comece por algo que já consegue fazer. É provável que com a continuidade as suas capacidades melhorem e a sua auto confiança aumente, podendo posteriormente experimentar e escolher atividades de maior complexidade que inicialmente julgava não conseguir fazer.
  • Se sente vergonha do seu corpo na prática de atividades físicas, seja por ter peso excessivo, por ter peso insuficiente, ou porque considera que as roupas de fitness ressaltam os contornos corporais que menos gosta, considere que a maior parte das pessoas tem inseguranças em relação ao corpo e que muito provavelmente terão pensamentos semelhantes. E que provavelmente estarão muito pouco atentos ao seu aspecto!
  • Se o cansaço ao fim do dia é a razão que lhe dificulta a manutenção de um estilo de vida ativo, experimente exercitar-se ao longo do dia. Dois a três períodos de 10-15 minutos serão bastante úteis. Em outras ocasiões, desafie-se e experimente fazer alguma actividade física mesmo perante o cansaço. Verá que conseguirá reduzir os níveis de stresse e, feitas as contas, até terminará a atividade com mais energia do que aquela com que começou.
  • Se o seu dia a dia é bastante atarefado e não sabe a que hora sairá do trabalho, opte por se exercitar logo pela manhã. Uma caminhada rápida ou um percurso de bicicleta beneficiarão a sua saúde ao mesmo tempo que poderá fazer um balanço do dia anterior e organizar mentalmente aquele que tem pela frente!
  • Se em muitas ocasiões tem planos para realizar atividades físicas mas, à última da hora, a “preguiça” fala mais alto, crie compromissos para que tal não suceda. Combinar exercitar-se com os colegas, familiares ou amigos, e comunicar os seus planos às pessoas com quem mais priva, são possíveis estratégias.
  • Se tem uma idade mais avançada e receio de se magoar nas articulações, saiba que as atividades aquáticas não têm cargas consideráveis e que permitem exercitar todos os grupos musculares num ambiente particularmente relaxante. Além disso, são geralmente acompanhadas por um profissional que garante a segurança dos exercícios.

Image courtesy of Ambro / FreeDigitalPhotos.net

Gostou do projeto Rituais de vida Saudável?
Partilhe-o com um amigo
Share